A quantas andamos?

Daisypath Christmas tickers

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Outras cabeças, outros leitores... 1



Que leitor sou?

            Para mim, os livros são como os doces... São bons, saborosos e um pecado que cometo. Gosto de ler a qualquer hora do dia, a qualquer momento do ano.
            Claro que, às vezes, quando me embrenho nas minhas leituras, esqueço-me completamente do que tinha para fazer. Infelizmente, isto acontece-me várias vezes. Mas, como se diz, até aos melhores acontece.
            Posso classificar-me como um leitor guloso. Gosto de tudo o que tenha aventura, mistério, ou até uma pitada de romance ou terror. Enfim, de tudo um pouco!
            Comecei a desenvolver as minhas qualidades de leitor precocemente, quando o meu avô e a minha mãe me ensinaram a ler. Tinha apenas dois anos e meio...
            Como sabemos, a leitura é um vício, e estimulei-o da melhor maneira que havia para um garoto de tenra idade: lendo revistinhas de banda desenhada! Passava horas a ler revistas do Tio Patinhas, do Pato Donald... Enfim!
            Fui crescendo e, quando entrei para a pré-primária, aos 4 anos, comecei a fascinar-me por livros de “Os Cinco”, mas não eram tão divertidos como as BDs.
            Aos 6 anos, para além de ter acontecido um ponto de viragem no meu pequeno mundo, também mudei de leituras. Fiquei surpreendido pelos livros de “Uma Aventura”. Podia ter sido pelo facto de ter visto a série na TV, ou de ter conhecido as autoras, que visitaram a minha escola.
            Então, quando entrei para o 2º ciclo, comecei a interessar-me por leituras mais “adultas”. Li cerca de sete ou oito livros do detetive Maigret (de Georges Simenon) no 5º ano. Mas nas férias grandes seguintes, li toda a coleção do Harry Potter.
            No ano passado, li imensos livros, mas apenas gostei de um: “Os Três Mosqueteiros”, de Dumas. Um romance com ação e até terror.
            Acho que foram estas boas experiências de leitura que me levaram a escolher este tipo de géneros e que me encorajaram a ler, faça chuva ou faça sol!
Pedro Silva, nº23, 7ºE

Sem comentários: